sábado, 30 de maio de 2009

Como estou aos 10 meses!

Comida: Adoro uma coxa de frango, como tudinho deixo só os ossinhos, pareço até um cachorrinho, hahah!
Nada de sucos, gosto mesmo é de água!
O resto to comendo legal, não sou muito chegado em doces, o pai tenta me dar sorvete eu nem dou bola, nem para pudim e nem danoninho que todo bebê adora é a minha praia.
Fala: to sempre com a voz no ar, falar mesmo mamãe, papai, não, e mais um monte de sílaba que fico deixando o pessoal advinhar.
Evoluções: Estou quase andando, já empurro meu carrinho pela casa toda, vou caminhando segurando nele, estou quase ficando de pé, fico uns segundinhos e caio, mas é um começo.
Brincadeiras: Adoro passear no carrinho, dar voltas na quadra, empurrar o outro, jogar bola, pegar o meu boneco bus lightyear e fico fazendo de conta que ele tá voando, e faço tchu, tchu com boca que nem papi me ensinou.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Ficar de Pé


Gente, minha grande diversão agora, é treinar ficar de pé, eu fico um pouquinho e daqui a pouco caio! Mas, mamãe disse que é assim mesmo que eu tenho que continuar tentando!
Beijinhos Gijio

terça-feira, 19 de maio de 2009

Já dou beijinhos


Pois é aprendi a dar beijinhos, a mamãe e o papi pedem e eu dou beijinho na bochecha deles!

domingo, 17 de maio de 2009

domingo, 10 de maio de 2009

Parabéns Mamãe!!!!!!!!!



Hoje foi o dia da minha mamãe, dei pra ela de presente uma bolsa e um cartãozinho com a minha mãozinha!, heheheh, ela adorou!
Fomos comemorar comendo numa cantina, eu também comi galeto, me grudei na coxinha de frango, que estava deliciosa, tudo de bom! Agora eu tb participo!

Dia das Mães - mensagem que traduz tudo

Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes Eu não tinha roupas manchadas. Eu tinha calmas conversas ao telefone. Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queriae nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes. Antes de ser mãe eu limpava minha casa todo dia. Eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de ninar.Antes de ser mãe eu não me preocupavase minhas plantas eram venenosas ou não.Imunizações e vacinas eram coisas em que eu não pensava.Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em mim,nem me beliscou sem nenhum cuidado,com dedinhos de unhas finas.Antes de ser mãe eu tinha controle sobre a minha mente,meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos.... eu dormia a noite toda ...Antes de ser mãe eu nunca tive que segurar uma criança chorandopara que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam.Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha.Eu nunca fiquei sentada horas e horas olhando um bebê dormindo. Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só pornão querer afastar meu corpo do dela.Eu nunca senti meu coração se despedaçarquando não pude estancar uma dor.Eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudessemudar tanto a minha vida.Eu nunca imaginei que pudesse amar alguém tanto assim.Eu não sabia que eu adoraria ser mãe.Antes de ser mãe eu não conhecia a sensaçãode ter meu coração fora do meu próprio corpo.Eu não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto.Eu não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança.Eu não imaginava que algo tão pequenino pudessefazer-me sentir tão importante.Antes de ser mãe eu nunca me levantei à noite a cada 10 minutospara me certificar de que tudo estava bem.Nunca pude imaginar o calor,a alegria, o amor, a dore a satisfação de ser uma mãe.Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.Por tudo e, apesar de tudo, obrigada, Deus ,por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo.Obrigada Deus por permitir-me ser Mãe."

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Já digo não



Pois é, antes eu dizia não só com a cabeça, agora já sei falar também, mas não é sempre que eu falo, eu gosto mais é de me sacudir!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Subi na cama de papai e mamãe


Hoje foi a primeira vez que eu subi sozinho na cama de papai e mamãe, tá certo que a cama é baixinha, mas não importa, subi, oras!